O produto foi adicionado ao seu carrinho de compras.

Impressora fiscal

Transforme a velocidade do seu comércio e esteja por dentro da legislação com as impressoras fiscais disponíveis na Automatech. Armazene informações preciosas, cumpra com suas obrigações com facilidade e garanta mais qualidade nas suas impressões!
Direção Descendente

Mostrando 1 - 12 de 16 produtos

Direção Descendente

Mostrando 1 - 12 de 16 produtos

Impressora fiscal

O equipamento responsável pela emissão fiscal do seu comércio é a impressora fiscal, comum em milhares de estabelecimentos por todo o Brasil. Além de ser um equipamento que contribui com a produtividade de uma empresa, esse dispositivo é uma forma de fiscalização, especialmente por parte da Secretaria da Fazenda.  A impressora fiscal é responsável pela emissão e possui espaço de memória para armazenar toda essa movimentação financeira. Dessa forma, o seu Emissor de Cupom Fiscal (ECF) pode guardar de maneira segura e dentro da lei os dados que envolvem as operações fiscais de uma empresa. 

Vantagens em usar esse equipamento

Os estabelecimentos que contam com uma impressora térmica possuem diversos benefícios em seu dia a dia, entre eles:

Tranquilidade e conformidade legal: Todos os equipamentos seguem as legislações tributárias e os dados fiscais do seu comércio estarão armazenados com segurança, sempre disponíveis ao fisco e sempre que precisar;

Alta performance na sua operação: Sua impressora fiscal pode ser facilmente integrada ao sistema de gestão, acelerando o desempenho no dia a dia e oferecendo excelente performance;

Essa impressora utiliza apenas bobinas térmicas como suprimentos. A troca é fácil, pode ser feita por um de seus operadores. Simples e rápido. 

Quem é obrigado a utilizar?

A legislação estadual e o faturamento anual do seu estabelecimento determinam se sua empresa precisa ou não de uma impressora fiscal. Para ter certeza, procure o responsável pela contabilidade do seu negócio ou a Secretaria de Fazenda do seu estado para saber quais são os equipamentos que você precisa para ficar em dia com a legislação.  Em alguns estados, a legislação é bem clara. Em Santa Catarina, por exemplo, o Decreto nº 2324 de 28/07/2014 da SEFAZ do estado indica que o cronograma de obrigatoriedade do uso da nova tecnologia de impressoras fiscais do Convênio ICMS 09/09 começou a valer desde 1º de Julho de 2015 para os contribuintes com receita bruta anual superior a R$ 240.000,00. E Tocantins optou pelo Convênio ICMS 85/01, utilizando ECF. Já em Mato Grosso do Sul e Minas Gerais, o cliente pode escolher o regime. Isso significa que, caso a empresa já exista e aderiu ao regime mais antigo, precisa informar à Secretaria da Fazenda que pretende aderir ao segundo e atual regime. Quando o varejista é recente, não precisa informar isso, pois, já faz a opção na liberação da IE.
Impressora fiscal

Minimal Price: R$ 0,00